27 de maio de 2013

Nada mudou, mas muita coisa está em mudança...





"Tudo que eu sei é que quando acordo continuo sendo a mesma, mas eu me pergunto até quando? Até quando as coisas vão ser as mesmas? Até quando eu continuarei defendendo meus princípios de hoje? 
Parece que o mundo foi pintado de branco, e a cada escolha uma pincelada de tinta se esparrama pelo caminho. São tantas combinações, qual eu devo escolher? 
Os dias passam e a parede continua branca. Tudo que eu sei é que só consigo planejar meu café da manhã para o outro dia, sou incapaz de me planejar para o próximo mês e isso me dá medo! 
Eu não sou o tipo de pessoa que se deixa levar, não sou o tipo de pessoa que consegue viver sem pensar, não sou o tipo de pessoa que não se planeja. Eu preciso saber no mínimo cinco coisas do futuro próximo. A que horas? Aonde? Com quem? Como? Quanto tempo?
Estou apavorada! O que eu faço?
Nada mudou, mas acordo todo dia com a sensação de que o mundo não é mais o mesmo. Como isso é possível? Eu nem ao menos consigo surtar, ou gritar... isso seria demais.
Eu não consigo nem dar o primeiro passo. Com qual pé? Em qual direção? Com quais sapatos? Numa rua estreita cheia de paralelipípedos, ou numa estrada larga de terra? 
Eu sinto que enlouqueci. Eu sinto que me perdi. Como vou me conhecer melhor a partir de agora? Nada mudou, mas muita coisa está em mudança..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário